amei ter amado você

followme chicago (2)

Desculpa te mandar mensagem no celular a essa hora da noite. Eu podia muito bem apenas escrever no meu diário ou postar alguma coisa no meu blog. Mas acontece que eu precisava mesmo que você soubesse o quanto eu ainda amo ter amado você.

Eu ainda tenho fotos lindas de nós dois que não foram a público e que agora vão ficar apenas na minha memória – por enquanto na memória do celular também, até que não tenha mais espaço disponível e um dia eu decida excluir ou esconder tudo numa pasta no HD.

Enquanto esse dia não chegar, vou continuar amando ter amado você. Vou continuar olhando para aquela foto nossa com as bochechas se tocando, nossas bocas alinhadas num sorriso e olhares felizes um pro outro. Aquela foto que tiramos perto de uma igreja onde havia uma festa com uma bandinha muito animada, pois um casal acabava de dizer sim naquela tarde gostosa de verão. Ali a gente dançou como se convidados fossemos e, como todo mundo, comemoramos o amor.

Por enquanto, não tem como eu me esquecer do quanto eu amei ter amado você. Mas como você pode ver, o verbo já começou a ser conjugado no passado.

PS: esse texto foi escrito há alguns meses, mas achei melhor postar agora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s